28 de nov de 2015

Yin e Yang - a harmonia dos opostos

Já falei sobre Yin e Yang, mas o aprendizado sobre essas forças é infinito. São energias muito usadas no Feng Shui e estão presentes o tempo todo, dentro e fora de nós.

Yin simboliza a energia do feminino, a suavidade, a passividade, o escuro, a inércia, o frio, a lua, a curva, o cíclico, o receptivo, o interior, a contração, o intuitivo, a mãe, a terra.

Yang representa a energia masculina, o dinamismo, a força, a luz, o movimento, o calor, o sol, a reta, o linear, projetivo, o exterior, a expansão, o resistente, o pai, o céu.

São as forças representadas no símbolo "Tai Chi" e estão no centro no baguá e presentes no centro de muitas mandalas. O claro e o escuro estão unidos em perfeita harmonia e um contém o outro. E assim essas energias devem estar representadas nos ambientes: com a beleza, a força e a integridade da união dos opostos.

Exemplo de ambiente com excesso de energia yin: pouca luz, muito frio, sempre fechado, com cores e móveis escuros. A pessoa que fica muito tempo num lugar como este pode se sentir tímida, limitada, introvertida e até deprimida.

Exemplo de ambiente com excesso de energia yang: cores brilhantes e fortes, muito quente, todo branco, muitas janelas, iluminação muito forte. A pessoa pode se sentir com muita energia, mas ao mesmo tempo cansada, estressada e agitada.

Na prática observe o formato de seus móveis e objetos de decoração. O ideal é o equilíbrio das formas curvas (yin) e das linhas retas (yang). A composição do ambiente fica em harmonia com a combinação dessas formas. Outra oposição que forma o equilíbrio são os tons das cores. Novamente observe se há mais tons escuros e frios (yin) ou excesso de cores claras e brilhantes (yang). Depois da observação use também a sua intuição para rearranjar e renovar o ambiente equilibrando as formas e as cores e ativando a união das energias do feminino (yin) e masculino (yang).



Imagem: Yin e Yang do www.walldesk.net