27 de jan de 2010

Flores para as plantas

Cuidar bem das suas plantas também é Feng Shui, pois as plantas são seres vivos e ajudam a limpar, elevar, renovar e/ou manter o chi (energia vital) de qualquer ambiente. E você sabia que os Florais de Bach auxiliam no crescimento e tratamento de plantas? Verdade! Tenho uma amiga que curou um bambu-mossô com floral, não me lembro qual, mas é bom saber é que existe um tipo de floral para cada caso, por exemplo: plantas que foram transplantadas, que sofreram quedas, que foram esquecidas num canto, que foram podadas e até para o crescimento delas.

Aqui estão algumas preciosas dicas preparadas pela terapeuta floral Maria Aparecida das Neves. Ela sugere colocar dez gotas do floral escolhido na água para regar as plantas ou na água do borrifador.


Para todas as plantas: Use o Rescue Remedy que é um composto de Florais de Bach originais para situações de emergência: acidente, choque, alarme, pavor, nervosismo, estresse. Essa é a ‘essência do resgate’, composta por cinco elementos: Star of Bethlehem, Rock Rose, Cherry Plum, Clematis e Impatiens.

Para plantas transplantadas: Use o Rescue Remedy conforme indicado acima, adicionando a essência floral Walnut. Esse floral tratará a hipersensibilidade que a planta apresenta neste momento.

Para plantas expostas ao frio e à geada: Estas plantas devem ser banhadas com uma solução de Rescue Remedy e água.

Para vasos que caem de janelas ou prateleiras: Use Star of Bethlehem, para que suas plantas superem o trauma.

Para flores que foram cortadas: As flores que foram cortadas e colocadas no vaso também devem receber algumas gotas de Star of Bethlehem na água. Você também pode usar Walnut (para a mudança de ambiente), Wild Rose (para as que pendem, apáticas, sobretudo no inverno) e o Rescue Remedy.

Para plantas esquecidas: Se você esqueceu-se de uma planta num canto, se a negligenciou, use Rescue Remedy com as esssências Hornbeam e Willow. Essas essências florais farão com que as plantas recuperem porque porque transforma a insegurança e o ressentimento por ter sido abandonada em satisfação, positivismo e alegria pela vida, em conjunto com o Rescue traz o equilíbrio e sentido para florir novamente.

Para que suas plantas cresçam: Use as essências Vine (que ajuda a arrebentar a casca dura da semente para germinar), Hornbeam (que fornece energia adicional para o crescimento) e Olive (que supera a exaustão causada pela germinação e pelo crescimento). Na transição entre uma fase de crescimento e outra, use Walnut, que  auxilia em todos os ritos de passagem, de transição.

Para livrar as plantas de pragas: Use Crab Apple, que faz uma limpeza nas plantas e as livra de insetos e pragas.

Lembrando que essas dicas são da terapeuta floral Maria Aparecida das Neves, para saber mais clique aqui. Para ler mais sobre florais, indico os blogs da Carolina Arêas e da Daniela Martins.

Imagem: Star of Bethlehem do Site DisqFloral

3 comentários:

Paula disse...

Oi, Cris! Que legais essas dicas, se eu soubesse antes poderia ter salvo meu bambu mossô que estava deslumbrante!! Mais de dois metros, cheio de folhas...Sabe o que foi?? Inveja, olho gordo!! Pior, é que eu seu quem foi...Só pedi a Deus que cuidasse bem dele no lado de lá, e agradeci por que aquela energia não veio para mim ou meus filhos, por isso sempre que lembro dele, digo: meu bambu querido, vc me salvou!!
Fico injuriada quando perco uma planta por essas coisas...
Enfim...Só uma perguntinha básica de quem é mesmo ignorante: essas essências florais são fáceis de achar? Eu nunca comprei, nem sei onde vende.
Obrigada por mais iluminação na nossa vida.
Beijo!

Freud Scheider disse...

Concordo com a Paula. Antes eu encarava como algo natural; mas realmente a energia que muitas pessoas passam destroi um ser, uma planta. NO entanto, as dicas são muito úteis e irei usá-las constantemente.

Abraços cordiais.

Liège disse...

Que legal! Eu não sabia disso...
Tenho umas plantinhas aqui e cuido delas com o maior carinho. Adoro!
Beijos.