8 de dez de 2008

Pare, pense, não compre...

Sei que é difícil não comprar...Eu sofro desse mal também, minhas amigas e amigos...Mas, depois que comecei a aplicar o Feng Shui na minha casa, aprendi a consumir menos e com mais assertividade. Também tenho aprendido muito com as amigas blogueiras e arteiras que reaproveitam de um tudo e criam e recriam objetos de decoração lindos para suas casas!! A Viviany do blog Dona House é uma delas (vejam esses posts). E a Hazel do Casa Claridade tem o dom de encontrar coisas.
E, então, será que você precisa mesmo do objeto que está na vitrine ou na prateleira da loja? Pare, pense, sinta a energia do objeto antes de comprá-lo e lembre do consumo consciente. Cada peça adquirida - e não usada - talvez se torne um lixo a mais. Muitas vezes, somos levados pela onda consumista, ainda mais em tempos natalinos, você sai para comprar um presentinho de amigo secreto e, pronto, acaba levando um pra você também! Mas, será que o lindo vaso de vidro é realmente necessário ou você já tem um na sua casa encostado num canto sem nunca ter sido usado? Será que você precisa mesmo de uma mesa de jantar nova ou uma reforma pode resolver o problema? E aquele tecido bacana, será que não pode virar um quadro na parede?

De vez em quando vou a um restaurante vegetariano aqui em SP que é uma verdadeira arte em reaproveitar materiais. Há muito tempo saiu um artigo na revista Vida Simples sobre o assunto e que cita esse restaurante. As fotos desse post (a primeira é um espelho e a outra um painel com fotos) são de lá...Dois ótimos exemplos de reaproveitamento de material com criatividade.



Por favor, não me entendam mal...Não estou querendo dizer que não se deve comprar nada no Natal, até por que estou pensando em fazer um post com dicas e idéias de presente de acordo com o Feng Shui...E aí todos pensarão que sou maluca, hehehehe...É que muitas vezes escrevo para vocês como se escrevesse para mim mesma e também me esforço para consumir menos e com mais consciência.

Com carinho e boa semana! ;-)

7 comentários:

Claudia Pimenta disse...

oi cris! é sempre bom refletir! e o planeta agradece nossa preocupação com ele! bjs, querida!

Edna Fadinha disse...

Meu irmão sempre fala que temos que fazer pelo menos 2 perguntas.Eu realmente preciso disso?
É realmente necessário?
Mas confesso que no Fim de ano isso é difícil.
Bjs

Isabel Cristina disse...

Oi Cris, eu entendo perfeitamente o que vc quer dizer. Eu aprendi a reaproveitar as coisas e ainda preciso segurar a onda do consumismo exagerado. Afinal, comprar é muito gostoso! Mas mais gostoso ainda é fazer algo com suas próprias mãos, dar vida nova a objetos e móveis, é muito legal! Muito obrigada pelo comentário carinhoso sobre minha casa, fiquei feliz que minha casa transmite tanta coisa boa. Acho que isto porque eu amo minha casa, e aprendo a amá-la a cada dia mais. Não tem nada a ver com apego a coisas materiais, mas gostar e valorizar a casa da gente é um ótimo caminho para a felicidade, não acha? Beijos querida.

June disse...

Cris!!!!!
Ebaaa!!! Você vai postar no meu Blogue, não????
Bom, é que eu quero surpresa enão, pensei em enviar um convite para que vc faça o post diretamente no Chocolat, o que acha????

Enquanto isso vou passear por aqui também... Adoro ler sobre Feng Shui, venho fazendo algumas mudanças no meu quarto para testar as mudanças físicas. Afinal, como toda filosofia oriental, Feng Shui não é só decoração, vai além... Muito além!

E confesso que estou aprendendo agora a controlar o impulso, a refletir bem, deixar para comprar depois... E tem funcionado, pois minhas compras diminuiram e a qualidade das poucas compras vem aumentando muito.

Beijos

Hazel disse...

Cris, fiquei na dúvida se também serias mamã, e acabei por não nomear o teu blog para o desafio.
Agora que sei que és... já estás nomeada!

Também vou comprando cada vez menos coisas. É verdade... para quê comprar, quando acho no lixo? kkkkk
Mas a coisa vai muito para além disso. É uma questão de economia, de ecologia e, sim, até de Feng Shui. Muitas coisas acabam por servir apenas apenas para acumular pó, e ficar esquecidas num canto, ou a estorvar.

Cris Ventura disse...

Oi Edna, já anotei as ótimas perguntas do seu irmão!

Claudia, obrigada pelos fiéis comentários ;-)

Isabel, tava com saudade! Vc também é um exemplo do tema desse post!

June! Vc não quer ler o post antes? Hehehe...Vou caprichar, se quiser mandar o convite para eu postar diretamente, eu topo ;-)

Hazel!!! Tenho um belo anjo que me ilumina sim...Hehehehe...Obrigada pelo desafio! Pois é, bem na hora que eu tava fazendo o post vi mais um de seus achados maravilhosos - o tronco é demais ;-)

Sandra... disse...

Estoy totalmente de acuerdo con tu opinión.
Yo digo que hoy por hoy yo compro las cosas "que me llaman" (sí, parece que el objeto me hablara..) y supongo que es esa energía que emana y que la logro sentir.
Un beso!