2 de ago de 2012

Feng Shui: uma breve apresentação

Vale a pena ler de novo esse post que traz uma breve apresentação sobre a história e a origem do Feng Shui. O ideograma que ilustra esse post simboliza o Feng Shui e sua tradução literal é vento e água.


A origem do Feng Shui está diretamente ligada ao meio ambiente e suas influências sobre a humanidade. 


O lugar ideal para plantações e moradias era uma busca fundamental para os antigos chineses que analisaram detalhadamente a natureza e seus fenômenos. 


A paisagem e o clima produziam efeitos positivos ou negativos no homem e na agricultura. Essas análises conquistaram toda a China e, de acordo com a cultura de cada região, evoluíram e ganharam novas interpretações. 


Paralelamente a esse período de propagação do Feng Shui ligado à observação das formas da natureza e seus ciclos, haviam correntes filosóficas como o taoísmo, o confucionismo e o budismo. 


Todas essas correntes influenciaram as interpretações do Feng Shui e explicam a origem de diferentes escolas. Historicamente, os documentos oficiais sobre a prática oficial do Feng Shui relatam que no início o Feng Shui era utilizado para definir onde seriam sepultados os imperadores chineses. Eles acreditavam que para manter o poder e a prosperidade das próximas dinastias, os túmulos deveriam ser em determinados locais que eram determinados por mestres de Feng Shui. 


Depois de algumas dinastias, as construções de palácios, templos, residências e edifícios também tiveram seus lugares, formas, posicionamento, decoração e até mesmo a época favorável para o início da construção ou da mudança, definidos com base na orientação desses mestres e suas escolas.

Nenhum comentário: