21 de abr de 2011

Memórias concretas: objetos de família

 Eu sou uma pessoa que adora fazer uma "limpa" - do tipo jogar tudo fora mesmo (o que não serve mais segue para doação, o que está quebrado conserta, o que não é lidovai para a biblioteca ou sebo e papéis e afins seguem para a reciclagem). Tá no meu "DNA", sempre fiz isso...Minha mãe ficava louca comigo - por que ela queria guardar e eu queria jpgar fora...Bom, acho que já era um sinal de que um dia eu seria consultora de feng shui, né?!

Mas, há coisas que merecem um lugarzinho especial em casa...São peças que contam histórias, que fazem rir ou chorar de emoção...Uma lembrança que vive cheia de energia em casa...Não coleciono  antiguidades, mas gosto de algumas e hoje revelo duas peças que me revigoram...Um delas é uma xícara da vovó - cheia de bolinhas...E era a xícara da minha avó paterna, dona Aida super mega portuguesa...A xícara veio parar aqui em casa trazida pela minha mãe pra eu guardar de recordação...E, na boa, eu uso muito essa xícara pra tomar o meu cafézinho e lembro com carinho da minha avó portuguesa, com certeza ;-)

A outra peça, estava no armário da cozinha, mas vou arranjar um outro lugar bem especial no canto da família...É um açucareiro...Lindo, meigo...Esse eu "peguei" da minha mãe!!! Lembro que tinha o jogo completo com bule, xícaras, pires e só sobrou ele, o açucareiro, que agora é meu, muito meu. Lembro da infância, dos tempos em que a vida não era lá muito fácil, mas essas peças me traziam alegria e uma sensação de riquezas!!!

Objetos de família que contam uma bela história e possuem uma ótima e carinhosa energia com memórias mais que concretas!!!




Beijos memoráveis!
;-)

3 comentários:

Lilliverdi,Lígia disse...

Eu sou um pouco parecida contigo.
Adoro jogar as coisas fora,meus pais não gostam dessa minha mania.
Mas muita tralha é energia estagnada.
Mas tenho carinho especial pelas louças da minha vó,fiquei com algumas...
Em especial xícaras,tenho algumas que foram delas....
Tb adoro feng shui!

Angel disse...

Oi amiga, eu sou parecida com você também. Sou avessa a coisas velhas e sem utilidade. Tenho mania de deitar tudo fora ou então doar o que pode ser doado. Acho terrível guardar coisas e mais coisas sem fim, encher a casa de tralhas e coisas sem nenhuma utilidade.
Só tem uma coisa que eu não consigo me desfazer, aliás duas. Uma caixinha de memórias onde guardo bilhetinhos, cartas bonitas, flores já secas e lembrancinhas que têm, algumas já tiveram algum significado especial. Outra coisa são os álbuns de fotos. Eu tenho muitos, antes da era digital, cheios de fotos, e agora, mesmo nesta era digital eu ainda imprimo as fotos que mais gosto e continuo a montar álbuns.
Um beijo querida e uma feliz páscoa.
Angel.

Ana Rita Tonello disse...

Oi,muito legal aqui,gostaria de ter essa facilidade q vcs tem de desfazer das coisas, não consigo. Tive uma chícara igual a de sua avó quando menina,minha mãe comprou meia dúzia, adorava tomar leite quentinho antes de dormir que minha mãe preparava p mim e meus irmãos.Lindas lembranças obrigada, bjoss